terça-feira, 17 de outubro de 2017

UM DISCURSO... DIFERENTE.

EXEMPLO EXTRAORDINÁRIO

Adriano De Aquino

Marisa Leticia é um exemplo extraordinário da mobilidade sócio econômica do Brasil.

Image may contain: 5 people, people sitting, table and indoor
Realmente, fossem essas oportunidades estendidas a outras mulheres trabalhadoras, o Brasil seria uma nação invejável.
Dona Marisa é um caso raro de elevação econômica.
Seu inventario registra um surpreendente patrimônio de 11,7 milhões de reais.
Marisa Letícia era filha de agricultores de ascendência italiana. Nasceu em um sítio, numa casa de pau-a-pique, em São Bernado do Campo, no ABC paulista. Sua família mudou para o Centro da cidade e Marisa começou a trabalhar ainda criança. Foi operária de uma fábrica de chocolate e babá.
Casou, aos 19 anos. Seis meses depois, o marido, taxista, foi assassinado a tiros em uma tentativa de assalto, deixando a jovem viúva grávida de quatro meses do seu primeiro filho, Marcos. Sua vida foi marcada por sofrimentos e dificuldades financeiras. Ela conheceu Lula, também viúvo, em 1973, no Sindicato dos Metalúrgicos da cidade. Ele trabalhava no Serviço de Assistência Social do sindicato quando Marisa foi buscar um carimbo para recolher a sua pensão como viúva.
Os dois começaram a namorar e casaram-se menos de um ano depois. O que se segue desse romance é digno de um conto de fadas. O espólio da dona Marisa é admirável até mesmo para países ricos. Não são muitas sociedades em que um casal de trabalhadores tem um patrimônio 11,7 milhões de reais. A soma do patrimônio do marido ao da falecida milionária, é raro encontrar, mesmo em sociedades ricas, um casal oriundo da pobreza que em pouco mais de meio século amealhou uma fortuna considerável.
Abaixo o inventário dos bens deixados por D. Mariza Letícia:
Os advogados de Lula entregaram à Justiça a relação de bens do petista e de Marisa Letícia, morta em fevereiro deste ano.
As informações fazem parte do inventário da ex-primeira-dama. O patrimônio declarado do casal soma 11,7 milhões de reais, conforme a lista de bens abaixo:
1 – Apartamento residencial no Edifício Green Hill, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 602.435,01
2 – Apartamento residencial, número 92, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 179.606,73
3 – Apartamento residencial, número 102, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo.
Valor: R$ 179.606,73
4 – Fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 413.547,57
5 – Direito de aquisição de uma fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 130.000,00
6 – Automóvel Ford Ranger 2013/2013
Valor: R$ 104.732,00
7 – Automóvel Ômega CD 2010/2011
Valor: R$ 57.447,00
8 – Conta corrente no banco Bradesco
Valor: R$ 26.091,51 (posição de fevereiro/2017)
9 – Crédito junto à Bancoop referente a sua demissão do quadro de sócios
Valor: R$ 320.999,20 (posição de fevereiro/2017)
10 – 98 mil cotas sociais da LILS Palestras, Eventos e Publicações
Valor: R$ 145.284,91
11 – Poupança na Caixa
Valor: R$ 126.827,43
12 – Poupança no Itaú
Valor: R$ 21.438,70
13 – Poupança no Bradesco
Valor: R$ 2.946,69
14 – Aplicação financeira Invest Plus, no Bradesco
Valor: R$ 16.605,25
15 – Aplicação financeira LCA, no Banco do Brasil
Valor: R$ 98.378,89
16 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 191.926,45
17 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 52.709,96
18 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 39.929,24
19 – Previdência Privada VGBL, no Banco do Brasil
Valor: R$ 7.190.963,75
20 – Previdência Privada VGBL, no Banco do Brasil
Valor: R$ 1.848.331,34
Total: 11.749.806,36

DALÍ NÃO TEVE FILHA

Suposta filha de Dalí condenada a pagar custos judiciais após exumação


media
Cripta no Teatro-Museu Dali onde ficam os restos mortais do artista
A espanhola Pilar Abel, que em 20 de julho fez o pintor surrealista Salvador Dalí ser exumado alegando ser sua filha, foi condenada a pagar os custos judiciais do processo.



Em sua decisão, de 13 de outubro, mas revelada apenas nesta segunda-feira (16), um juiz de Madri confirmou que os testes de DNA "permitem excluir Salvador Dalí como pai biológico de María Pilar Abel Martínez", uma vidente de 61 anos que afirmava ter nascido de uma breve relação de sua mãe com o famoso pintor.
O magistrado condenou a mulher a pagar os custos do processo, sem especificar o valor, que pode ser muito elevado diante da dificuldade da exumação.
Em um evento muito midiatizado, o gênio do surrealismo foi exumado 28 anos depois de sua morte do túmulo no qual jaz no Teatro-Museu de Figueras. Tanto ele quanto a autora da ação nasceram nessa cidade catalã.
Patrimônio espanhol
Os peritos extraíram de seu corpo embalsamado pelos, unhas e dois longos ossos para comparar seu DNA com o de Pilar Abel. Caso essa filiação tivesse sido confirmada, ela teria direito à quarta parte do patrimônio de Dalí, pertencente em sua totalidade ao Estado espanhol.
Durante todo processo, a Fundação Gala-Salvador Dalí criticou a decisão judicial de exumar o corpo do pintor e apresentou um recurso que não foi aceito. A instituição insistiu em que toda a ação se baseava apenas na declaração em cartório de uma mulher que assegurava conhecer o suposto caso entre o artista e a mãe da vidente.
Vida a dois
Famoso por obras como "A Persistência da Memória" e "O Grande Masturbador", o pintor catalão morreu em Figueras em 23 de janeiro de 1989, aos 84 anos. O artista deixou uma herança estimada em US$136 milhões, que incluía propriedades imobiliárias na Catalunha e centenas de obras. Desde essa data, o montante aumentou com produtos derivados e vendas de ingressos.
Durante décadas, Dalí compartilhou a sua vida com Gala, ex-companheira do poeta francês Paul Éluard e musa que aparece em muitos de seus quadros. Eles não tiveram filhos.

MASSACRE NA SOMÁLIA

Al-Shabab, o grupo acusado pelo maior ataque da história da Somália, que matou mais de 300 pessoas


Militantes do Al-Shabab

A organização extremista Al-Shabab foi apontada pelo governo da Somália como responsável pela explosão que deixou pelo menos 300 mortos e centenas de feridos na capital do país, Mogadíscio.
O ataque, que aconteceu no sábado em uma movimentada área da cidade, é o mais letal da história do país desde que o grupo surgiu, há cerca de dez anos.
A explosão foi tão forte que destruiu hotéis, edifícios do governo e restaurantes.
"Foi a maior explosão que eu já vi na vida. Destruiu toda a área", disse uma testemunha à agência de notícias AFP.
Um dos mortos foi uma estudante de medicina que colaria grau no dia seguinte.
Seu pai havia viajado a Mogadíscio para comparecer à solenidade, mas acabou participando de seu enterro.
"O incidente de hoje foi um ataque horrível do Al-Shabab contra civis inocentes", disse o presidente Mohamed Abdullahi Mohamed à imprensa local.
Somalis foram às ruas protestar contra o grupo e pedir doação de sangue. Os hospitais estão superlotados de feridos e há falta de medicamentos e de bolsas de sangue.
Um avião militar da Turquia chegou com ajuda médica. Horas depois, voltou ao país carregando 40 feridos.
Nenhum grupo ainda reivindicou a autoria do atentado.
O Al-Shabab, que tem ligações com a Al-Qaeda, vem realizando ataques violentos, em especial no Quênia, há anos.
A organização extremista chegou a controlar parte da Somália, mas foi expulsa das principais cidades que dominava no sul e no centro do país.
Ainda assim, o grupo permanece como uma ameaça em potencial ao governo local, que conta com o apoio da ONU (Organização das Nações Unidas) e da União Africana (UA), e a países vizinhos.

Quem é o Al-Shabab?

Homem em meio a escombros de prédio depois de explosão

Al-Shabab significa 'A Juventude' em árabe. O grupo surgiu como uma ala radical da hoje extinta União das Cortes Islâmica da Somália em 2006, enquanto combatia forças etíopes que invadiram o país para apoiar o fraco governo interino.
Nas áreas sobre seu controle, impôs uma versão rígida da sharia (lei islâmica), desde o apedrejamento até a morte das mulheres acusadas de adultério, passando pelo amputamento dos acusados de roubo.
Estima-se que, atualmente, o grupo tenha de 7 mil a 9 mil combatentes, incluindo estrangeiros.

Qual é a orientação religiosa do Al-Shabab?

O Al-Shabab defende a versão wahabista do islã, inspirada pela Arábia Saudita, enquanto a maioria dos somalis segue a linha do sufismo.
Por destruir um grande número de santuários sufistas, o grupo insuflou o descontentamento popular.
militantes do Al Shabab com armas em punho

Quanto da Somália o Al-Shabab controla?

O Al-Shabab foi expulso da capital do país, Mogadíscio, em agosto de 2011.
Apesar de ter perdido o controle das principais cidades e povoados, o grupo ainda tem influência sobre áreas rurais da Somália.
Analistas acreditam que a organização extremista vem se focando cada vez mais em táticas de guerrilha para conter o poder de fogo das forças da UA.
Mas o grupo está sob pressão de várias frentes, tanto na Somália quanto no Quênia e na Etiópia.
Em agosto deste ano, Mukhtar Robow Mansuur, porta-voz da organização e um de seus ex-líderes, se entregou ao governo da Somália e pediu aos integrantes do Al Shabab para abandonarem a organização.

Quem é o líder do Al-Shabab?

Por anos a fio, Ahmed Abdi Godane liderou o grupo. Também conhecido como Mukhtar Abu Zubair, ele era originário da região separatista da Somalilândia, ao norte do país.
Godane, uma figura reclusa que era amante de poesia e assumiu o comando do grupo, foi morto em 2014 em um ataque aéreo americano assim como seu antecessor, Moalim Aden Hashi Ayro, morto 2008.
Ahmad Umar, que também é conhecido como Abu Ubaidah e teria cerca de 40 anos, é apontado como um dos cabeças da organização. Em 2014, ele foi indicado por unanimidade entre os comandantes para liderar o Al-Shabab.
Cena de um ataque no Quênia
Quais foram os principais ataques do grupo?
Antes do atentado na capital da Somália, as ações do Al-Shabab que haviam recebido mais cobertura internacional foram ataques no país vizinho Quênia.
Em abril de 2015, o Al-Shabab atacou o campus de uma universidade na cidade de Garissa, no noroeste do Quênia, e deixou mais 147 estudantes mortos.
Dois anos antes, o grupo havia assumido a responsabilidade pelo ataque que deixou dezenas de mortos num shopping de Nairóbi, também no Quênia.
Anteriormente, foi responsabilizado por um ataque suicida duplo na capital de Uganda, Kampala, que matou 76 pessoas que assistiam pela televisão à final da Copa do Mundo de futebol, em 2010.
O ataque aconteceu porque Uganda - junto com o Burundi - forneceu grande parte das tropas da UA na Somália antes de o Quênia entrar no conflito.

Quem são os apoiadores do Al-Shabab?

A Eritreia é o único aliado regional, mas nega prover armas para o Al-Shabab. A Eritreia apoia o grupo para conter a influência da arquiinimiga Etiópia, de que se tornou independente em 1993.
Com o apoio dos Estados Unidos, a Etiópia enviou tropas para a Somália em 2006 para combater os islamistas. As forças etíopes se retiraram em 2009 após sofrer fortes baixas.
Num vídeo de 2012, o ex-líder da organização disse que obedecia ao comando da organização terrorista Al-Qaeda. Analistas acreditam que por anos os dois grupos atuaram juntos.
Há ainda a suspeita de que o Al-Shabab tenha ligação com outros grupos extremistas da África como o Boko Haram, da Nigéria. Contudo, não se sabe qual o nível de relacionamento do Al-Shabab com o autoproclamado Estado Islâmico.

Quais são as redes de recrutamento?

Assim como outros grupos extremistas, o Al-Shabab também usa redes sociais como o Facebook e o Twitter para recrutar combatentes e disseminar informações sobre as atividades da organização.
A editora do serviço africano da BBC, Mary Harper, afirma que o Al-Shabab é muito ativo na internet e usa vídeos com rap e imagens de campos de treinamento na tentativa de atrair seguidores.
*Esse texto foi publicado originalmente em 21 setembro de 2013 e atualizado depois do novo ataque na capital da Somália, Mogadíscio.

QUE TRABALHO VAGABUNDO!

SE A PROPOSTA DE UM ROTEIRO GASTRONÔMICO NO PELOURINHO SOBRE A OBRA DE MANUEL QUIRINO É ALTAMENTE LOUVÁVEL, O MESMO NÃO SE PODE DIZER DA DIVULGAÇÃO.
No automatic alt text available.
A PEÇA AQUI REPRODUZIDA É DA AUTORIA - ACREDITE OU NÃO - DA AGÊNCIA BAIANA PROPEG UMA DAS MAIS IMPORTANTES DO BRASIL.
RESTA SABER QUANTO CUSTOU AO BOLSO DO CONTRIBUINTE...

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

EUROPA EM CHAMAS

Chamas atacam em toda a Europa

Numa imagem da NASA a mancha vermelha de Portugal e da Galiza destaca-se, mas Sérvia e Bulgária também estão a ser muito atingidas

P ortugal e a região da Galiza destacam-se de forma evidente na mancha de incêndios que neste momento grassam no continente europeu, numa imagem disponibilizada pela agência espacial norte-americana NASA.
Além dos países Ibéricos, a Sérvia e a Bulgária também estão a contas com inúmeros incêndios, realizade que afeta com menor intensidade outros países vizinhos como a Macedónia e a Albânia.
Grécia e a Turquia também se destacam nesta impressionante imagem recolhida pelos satélites que servem a NASA, onde se dá conta que escassos países do Velho Continente não têm pelo menos um incêndio ativo.

FIUK MELHOR ATOR?

Fiuk é eleito como o melhor ator do ano e vira piada nas redes sociais





Por essa ninguém esperava… O Prêmio Jovem Brasileiro 2017 elegeu ninguém menos que o ator Fiuk, que interpreta o personagem Ruy na novela “A Força do Querer”, como o melhor ator do ano. Apesar das críticas que recebe até hoje pela sua atuação, ele foi o mais votado na premiação.